Topo
#ficadica

#ficadica

Mini, Micro, A, B ou C? Descubra qual a diferença entre os cabos USB

Nicole D'Almeida

2012-04-20T19:04:00

12/04/2019 04h00

USB é a sigla para Universal Serial Bus. Criado em 1995 por um conjunto de empresas – Microsoft, Intel, NEC, IBM e Apple – trata-se de um padrão de conectores que facilitam a conexão de dispositivos periféricos com o computador.

Essa tecnologia tem diversas vantagens, como plug and play (não precisa desligar e reiniciar o computador para fazer a conexão), carregamento de bateria, compatibilidade com diversas plataformas e sistemas operacionais.

Mas como o USB funciona? O cabo possui ao menos quatro fios internos com cada um desempenhando uma função:

  • VCC: alimentação elétrica
  • D+: transmissão de dados
  • D-: transmissão de dados
  • GND: "fio terra", ou seja, controle elétrico

A interação entre os dispositivos conectados é feita através de um protocolo. O computador que recebe as informações (host) emite um sinal de procura, ao encontrar os dispositivos conectados é criado um endereço para cada um. Ao estabelecer a comunicação entre eles, o host recebe dados sobre o tipo de conexão que está sendo feita. Existem quatro tipos:

  • Bulkutilizado para transmissão de grandes volumes de dados, como impressoras e scanners.
  • Interruptutilizado para transferência de poucos dados, como mouses e teclados.
  • Isochronousutilizado para transmissões nas quais os dados são transferidos a todo o momento, como caixas de som.
  • Controlutilizado para transmissão de parâmetros de controle e configuração do dispositivo.

Entretanto existem diversos tipos de conectores: USB 1.0, 2.0 ou 3.0, USB Tipo-A, USB Tipo-B, USB Tipo-C, Micro USB e Mini USB. Você sabe a diferença e para que serve esses cabos? Confira abaixo cada um deles.

Geração

A geração ou padrão é definida pelos números. O cabo mais antigo é o USB 1.0, criado em 1996. Já o mais recente diz respeito ao USB 3.2. Ou seja, quanto maior o número, maior é a velocidade de transferência de dados.

Em caso de troca de dados entre gerações diferentes, a velocidade será sempre a menor.


Formato

Já o formato é indicado pelas letras. Tipo-A, Tipo-B, Tipo-C, Micro ou Mini. É a partir dele que você sabe qual é a forma do conector, e, dependendo, não são compatíveis, afinal, um cabo Tipo-C não irá encaixar em um aparelho que tenha entrada Tipo-A, por exemplo.


Veja também

Sobre a autora

Nicole D'Almeida é jornalista, apaixonada por novas culturas, viagens, tecnologia e pelo lado bom das incertezas do mundo. Ajuda a desvendar os principais truques para a tecnologia facilitar o dia-a-dia.

Sobre o blog

Dicas para tirar mais proveito do celular, do computador, da internet. E um centavinho de reflexão sobre tendências do mundo da tecnologia. A gente deixa o nosso centavinho, e você também pode contribuir com o seu.